Susana Coerver

by Comprimido ✅ http://bit.ly/ONDEQUANDOCOMO

a transformação digital é uma coisa que tem acontecido um foi o paciente e que que nós fomos adotante a eu nunca senti muito essa essa transformação porque sempre fui nem negue criando e adaptar das das coisas novas com aparecendo sempre explorar em muito as especiais das ferramentas 500 no computador e depois de repente quando o computador passou está normal explorando todas essas coisas nós ter tecidos das primeiras pessoas nos meus amigos até de instagram quando ainda não havia o nosso caipira ainda não tínhamos adotado os facebook eu já era chata que enviava em função da minha gravidez em powerpoint compartilhar com as amigas que é uma coisa quando olho para trás penso que estranha a mostrar depois foi fácil que as pessoas a fazer num no facebook nesta pentes aquelas coisas que tu podes fazer na tua vida e acha que é tudo muito normal e que é dotar se de repente quando relaciona com os outros níveis que os outros o fazem uma forma muito diferente que serve que a nós todos somos diferentes e que há pessoas que vão adotar das coisas rapidamente a outras que não estão dentre outros que estão fora e aí começa a perceber que há uns que têm uma determinada altura acompanhava o pace truck começa a olhar pra trazer para explicar as pessoas começaram a ficar lá atrás e que é preciso trazer as pessoas todas para para o arco e isso não dá pra ser aquela coisa de sair agora quanto tempo uma pessoa digital porque estou outro põe que isso não é uma pessoa digital um soco tem estas que utiliza estas ferramentas no seu dia a dia que tira o potencial e se relaciona com estas novas oportunidades de uma forma fluida integrada na sua vida isso tem que ser uma coisa que faz parte do todo não é uma coisa responsabilidade uma pessoa aliás vários testes têm sido feitos a equipe agora temos aqui uma equipa que acreditar mas a outra não entro em tese os que estão à frente diz que não atrase muita coisa não é um não é um processo lento e portanto para mim a transformação digital é uma coisa que

tem que ser é x management é uma coisa transformadora comum como um todo é que o que eu tenho dito o arquiteto águas já é uma coisa que não faz sentido é uma constante não há um sucesso acabado no a estão chegando todos os dias que inventarem aquelas frases do hamas não faz assim é ontem e ficará nos fazemos mas fazer tem que estar sempre a questionar eu acho que a transformação digital é é um querendo em enganar deste deste workshop hs desta mudança constante de tentar sempre eu acho que a transformação digital traz uma coisa que eu acho que sempre foi muito importante mas acho que hoje em dia ainda mais que é o meu lado meu lado é um fator muito importante na na transformação digital porque só conhece humilde consegue se questionar as suas verdades de alimentos ontem estava certo era prefeito como assim eu já não é e precisa que vemos aquelas coisas do quanto os táxis começam a reclamar com os ruas ontem não era assim mas hoje portanto um terço táxi assim os pés assim e portanto temos que ter de kunduz adaptado em transformar isso aqui transformação digital é isso é acompanharmos a para o impasse desde que o que até com dinos vai trazendo eu estou ansiosamente à espera do dia em que vou deixar ter planos com o ombro que encheram o rádio está no atendimento como vou ditar tudo ao meu computadores das ter este problema das duas tenistas já faz coro conforme próspera como é que já dá pra fazer algumas coisas que conseguimos junto à espera de conseguir fazer fazer mais e tentar que a transformação digital a em 19 tarde toda a facilidade que esta nova era de trás e eu não vou dizer que de repente nem todos os administradores têm que perceber o que são de redes sociais – tem que haver essa humildade de perceber que não entende isto e voltou a garantir que o volante as pessoas certas que entendem disto porque eu tenho que gerir vai e não tem que saber que é possível digitar é um dom grande

quem quiser sentir que dominou todo com a língua é impossível ser um dos especialistas em tudo nós temos que ser de curiosa estar abertos a isso então garantir que temos as pessoas certas e depois confiança o fato é muito difícil e frustrante quanto à tarde numa reunião em que pedem para apresentar uma estratégia digital é claro que invariavelmente atual estratégia digital vai ter uma parte de redes sociais e um interruptor máximo está contigo ela não percebe absolutamente nada do que estamos a falar de e faz perguntas pra frente enfim é bom nós mas como ainda não são de robôs o nosso body language às vezes falam muito e frango deve ficar com uma cara tempo com assim eu faço aqui que é isto porque é sobre isso vai ter que tomar uma decisão então como é que é possível tomar uma decisão sobre o sobre coisas que nós desconhecemos totalmente isso infelizmente acontece muitos anos nas reuniões e portanto das duas uma ou nós fazemos uma reciclagem grande garantia de que essa reciclagem é feita no todo e há empresas que estão a fazer eu posso dizer que há uns seis sete meses foi dar um uma formação sobre a influência martini e redes sociais a porto editora e ficai agradavelmente surpreendida quando especificado na instrução toda estava na espanha incrível e espetacular está é uma humildade do mundo todos podem dizer que esta coisa importante nós todos tudo das várias gerações que estavam na sala nós todos queremos entender um pouco mais deste ano acho que se louvar essa atitude é essa o meu lado e acho que isso é um é o caminho certo sabemos que transfere todos os dias enfim garante muitas vezes com situações de extrema em que desde que não 49 têm disputado na televisão ontem que fazer coisas que nós fizemos e atenção que eu não tô aqui prestigiar de forma alguma televisão que a previsão continua a ter de seu papel ainda no outro dia falava por exemplo

são tópicos do google nas pesquisas quer se goste ou não goste não é o que as massas estão à procura mas elas acontecem na provisão e depois tem um gigante o disco digital importante transmitir em saber que não estamos a começar ali mas depois que a gente faz parte da de uma conversa diária das das pessoas mas quando propõe planos mais arrojados em que sítio que tem sabe que o caminho certo para a marca com níveis de investimento mais vai escutar e falar só em ambiente digital logo depois o teu clientes a carta em que é do hospital lá atrás diz não não é nenhum porque não tinha provisão e porque não está nos dão para formações ou então às vezes as coisas não dão certo

temos um problema e vemos muitas vezes guerra brutal que existe mesmo dentro das próprias empresas para a frustração das duas equipas pequenas equipas às vezes espetaculares que estão a querer cortar com os conceitos com estereótipos com isso sempre se fez assim mas depois há um sensor final que desde não está em duas fases assim portanto vemos coisas incríveis a ficarem nã na gaveta não só na nossa gavetas na gaveta dos próprios marketing que criam arriscar e fazer e depois no final o decisor final num não permite que as coisas avancem nessa nesse sentido empresa que vai porque portugal em 40 anos teve o pior desempenho de sempre em caixa e não dizemos olha que não é porque não tínhamos a capacidade de acreditar que eles vão encontrar temos muitas provas de que conseguir criar equipes a gente precisava ir pra fora é outra vida de precisão me criar os nossos novos negócios

o fato continua se pintar no entanto quadrado e fazer coisas cinzentas e achar que basta comprar um plano mais digital e depois de está a este então casar se mas continua com isso as equipas não vão subir site faz o cinzento as pessoas precisam dizer outras coisas

exatamente o mesmo do por táxi né a assistência a um que estava a acontecer vem algo estava a mudar e nós é que somos e falta de humildade mas ao mesmo tempo também não posso dizer que é só isso é difícil ter uma estrutura grande montada esta mudança o dar um porta-aviões leva o seu tempo muito mais fácil quando as três tipos de uma garagem mudou todo mundo está agora quanto tem todo um sistema de crenças de gerações de fãs de uma determinada forma leva o seu tempo a dar a volta mas eu acho que também houve 111 mi fafy tardio de de entender assim a dinâmica e ter um televisão para perceber onde clara frente as coisas as coisas iam mudar mas ao mesmo tempo digital também vem também está em quota parte de responsabilidade quando nós pensamos que tudo acontece muito mais rápido vou cidade com as coisas acontecem depois nós queremos saber tudo sobre tudo isso faz com que nos ficarmos pela cana proclama chove as gordas e passamos de uma notícia pra outra e de repente a nossa atenção fica fragmentada isto afeta não só a o jornalismo como afeta a indústria literária ea nossa nós repente temos que pode a mão na consciência e perceber que o nosso cérebro a nossa capacidade atenção quer dizer quando vejo aquelas aquelas histórias do agora as crianças todos sofrem déficit de atenção nós todos frente défice de atenção quanto a todos o psicólogo será não consigo ficar concentrar numa coisa porque o salto uma para a outra e depois as pessoas dizendo digital e como sou com quem estava a gostar da conversa mundiais e agora começa o início do livro depois vou ver o fio pois o fio achei interessante ler o resto este comportamento no livro é que o que se passa no nosso comportamento digital e pessoas que dizem criar aquela partida seria chato então eu passei para a frente nós fazemos a equipa tudo desse tipo livres que passarem por que esta parte escrever mais rápido fica aquela partida chave já possui como é que aconteceu e fui ver mais pastora e ser o início do ano 15 achei que era interessante fez fora de portugal enquanto a gente nem sequer tinham lido todo importantes têm reflexos enorme no todo que o jornalismo e literatura mas eu acho que também quer dizer que é o nosso nosso nosso comportamento nós nunca deixar de ser crianças e portanto nosso entusiasmo com a novidade depois também passar que é o pico da euforia ou não consciência não consigo concentrar já não é uma notícia do início ao fim após que não consiga acabar um livro quando saí não acabar eu acho que estamos a entrar na fase começamos a questionar mas depois também se ouve falar no avião formam um ótimo filme miss em alta e agora jóia missa em alta embora precise parar e desligar e ler um livro e comprar a minha capacidade da atenção a comprar a minha profundidade ficamos todos muito superficiais as idéias ficam superficiais

começamos a ligar isto de uma uma população passa o tempo todo a investida nas redes sociais a ver as coisas pela arma em tinta só ver os flexores foxo quando temos a nossa população toda investida lugar em que estamos todo instante ti e 4 e provocamos aqui uma série de estímulos que são que são viciantes depois deixar de me dedicar a que o kun que efetivamente interessa que é ter uma opinião mais fundamentada que participaram os temas que efetivamente são importantes para a sociedade presidente os níveis de participação em temas relevantes são muito baixos o nosso interesse pela política a perceber que assim não estamos contentes com os políticos não é não faltar que nos vai trazer melhor política então está todo 11 adquirindo rabo na boca mas eu quero acreditar porque da caerd não humanidade nós todos vamos começar e temos o nosso papel é que eles vão por dante para o pará está alerta tem o seu papel e esta missão de provocar este pensamento esta reflexão no hay corda para o segundo e ver o que nós todos estamos a fazer que todos temos responsabilidade nesse e nós o nosso sistema operativo em com falhas e nós temos aqui conhecer que estas falhas e e regente eu acho o sinceramente que cada mídia continua a ter o seu seu papel enfim imprensa é um cara parceiro mais o que eu acho que tem um papel a mais e mais difícil mas agora estava numa reunião a dizer para apresentar um produto novo meu maior efeito continua a ser o autor porque estamos todos lá não é eu tô num site outro está no outro não é o segundo e eu sigo outro está lá nós todos andamos na rua portanto se eu quero apresentar um em alvor 9 com os agora então na rua está lá cumpriu seu papel e eu acho que é melhor melhor mídia para fazer ou como dizia há pouco nós temos um reality show que começa na televisão mas depois a história continua a conversa continua todo dia num num mundo digital e portanto eu acho que cada um continua continua até ter o seu papel agora claro que não gostamos muito e se mais / milhões demais e eu há uma coisa que eu i é independentemente do lado eu posso estar esteja como a gente esteja como cliente a porque era onde estava antes um bar onde tons como clientes eu sempre acreditei no ambiente nada comprar um plano mais esquecer que nada supera o valor de uma boa idéia eu acho que eu vi muita gente que esqueceu disso que achou o bastava comprar um plano digital e esta coisa e digital e químicas num nós também temos que ter uma expectativa muito grande em relação a digital não pensar que já unidades diferentes uns cliques em 40% da menina que nós fomos digital é vista por botes autos que dizem só 40% e que é vista por pessoas portanto também temos que saber que há estudos metas mas tempo por lá também a quantidade de coisas que foram vistas por pessoas que ainda não interessam a mas na verdade e eu acho que nós podemos fazer esse teste estão tão simples que quando nós fomos coisas nossas redes sociais e precisamos automaticamente que há coisas que tenham rápido e altas que não tivemos algumas algumas campanhas que fizemos temos um projeto do qual eu estou muito orgulhosa um projeto com o público lhe trazia midiática nossa campanha simplesmente na rua teve uma atração ótima muito rápidas hoje que agiram nós conseguimos buscar as pessoas e falar com ela – falamos a mesma linguagem que elas falam e falam de uma forma que precisamos sair do break free arranjar uma forma de sair do mar e dos cinzentas pessoas que não a pintar dentro do quadrado e vindo logo uma uma reação grande saque o que nós fizemos ou comum a sala campanha do de natal do esporte fora os amores ódios que existam em relação ao futebol a e e até posso dizer que a equipa criativa que fez a campanha nem sequer do sporting tem uma idéia o insight foi dada e com o qual as pessoas desligaram automaticamente e muita gente nos dizia pra não tem um orçamento de produção que está em alguns dos filmes de natal que nós temos visto é esta a ideia só para cuidar da área com o qual todos nós nos nos apaixonados importantes pensei um quiz dizer que o vídeo do sporting que está em todo o potencial na viral então não temos um grande investimento por trás de produção ainda nem de mídia nós temos uma boa idéia é isso é fato que as pessoas começam a falar e começamos a ver que as duas idéias as pessoas têm tempo para tratar a ver essas são aquelas que distraem se distrair não é nada mais nada menos do que o conseguido captar a atenção e essa é nossa indústria em 23 da distração sempre foi fã entanto que o que é conseguir extrair a mapa verde e eu acho que se faz com uma cidade que eu acho que isso é uma mensagem que nós precisamos de voltar a falar como cada e dizer todos os dias nós temos algo a lhe perguntar como é que fazem boas campanhas dançarte como é que se fazem as boas campanhas no youtube e no facebook e vai uma série de formas uma das fórmulas também existem para serem contrariados e quando utilizar porque não pode fazer um filme com mais de 30 segundos e as pessoas só conseguem

um já não se aguenta ouvir falar do google fisco nos andamos a nossa a nossa capacidade atenção dar do tamanho de um país tinha em dourado mas a verdade é que depois acreditar na idéia e terminam esta ideia partir de 2011 para landim conseguiram por três milhões de pessoas um minuto e 36 a ver a vossa amanhã e portanto preciso que estes quanto uma boa idéia as pessoas ficam lá haveria e meses antes de explodir ficar aqui horas a falar de exemplos com oito minutos dizendo os com cinco minutos que vão contra todas as regras no final o que fez com que ela ficasse amor uma boa idéia eu acho que nós vivemos na era do cristiano é tudo vivemos na era no filme que a pessoa mais adorou era uma produção caseira que a história era o mais importante evento diz muito a passagem e às vezes as pessoas aceitarem saúde que têm mega produções são menos autênticas e portanto é questionável tudo isso pode fazer de uma maneira ou outra eu acho que existe muito tempo numa dualidade onde kimi é numa disso nessa área é o físico digital é online e offline no outro dia eu dizia o enfrentava a sessão cópia a ocupação da loja física da loja digital nós estamos preocupados o trio parte ficou com online e offline mas é tudo a mesma coisa e portanto nós vemos os nativos digitais em pó pro físico vemos os amazônia chama e vá abrir suas lojas físicas e ao contrário portanto isto funciona em todo o lado a netflix é ea mesma coisa mas na verdade isto vai o vai romper com muita coisa até porque a quando nós falamos no john lennon também falamos num jóias tenha a 1 ei eu fugia das experiências e fazer coisas de que estar sempre tenta agora também se recupera a fantasia e prazer de estar em casa e por isso também e os nomes e conseguindo acompanhar eu acho que nós temos acompanhado as pessoas acima de tudo ouvir mais e às vezes eu acho tão tão estranho que eu tentarei sempre enquanto cliente por um natal dos clientes que às vezes o autor na minha própria pele acredito eu ia gostar disto e acho que às vezes esquecemos de fazer isso nos poros na nossa própria bela diz podem ter papel das pessoas de terem três nesta mensagem e terem 3 nesta forma de fazer as coisas e há momentos em que já cinema continua a ser mágico tentar em casa com os pezinhos esticados em que já os cinemas vão abrir essa hipótese do dengue ter uma preguiça não era e e temos de pijama hã hã e portanto se reinventar as experiências e trazer a casa passe neném e vice versa porque eu acho que nós vemos isso tem tudo pra nós vamos a uma loja do alex press e que os trazem são os produtos que as pessoas mais gostaram gostam de trazer a experiência que nós temos a mãe propomos que avatar também não é diferente do total da ajuda

enfim o digital foi buscar estas diferenças da loja ea loja agora tá é buscar estas experiências do do digital eu acho que nós precisamos de todos sua vida é f digital importantes um feed tal experiência z é uma uma experiência líquida oscila só como ex cara chamado que é salvar em alta nesta coisa que eu estou completamente disse ada editados nos sms os irmãos e toda a cozinha onde tentava fazer os meus afazeres amiga nola e pega o microfone de acir empresa dois minutos ele faz um ser que isso é completamente normal pouco tempo como o dourado é só atacar não tal e não tive que fazer mais nada e todas estas experiências com os acrescenta um valor vimos o raio do google a falar da experiência do ano no japão quando tinha uma fila de dois quilômetros e perguntou qual se conseguiu encontrar bilhetes parte de são paulo querer ver em poucos minutos ele dentro dos bilhetes é o pessoal à frente de uma fila de dois quilômetros parece de resto diz eu adoro a tecnologia e os robozinhos digital ea gente calar ele tão simples como e de verde eu já fiz isso é que na pedagoga em que cheguei lá e vi a extinção do cérebro que tinha uma fila descomunal e tenta entrar só no site para comprar em passar à frente aquela fila toda não foi nada de mal ao mega científico ou tecnológico é só utilizar as ferramentas que estão à nossa disposição mas as pessoas que são muito digitais e tecnológicas mais que nunca experimentaram uai eu tenho que conseguir vencer o meu irmão para que já não tem que tirar a carteira ficou na minha não é sempre um forte impacto com 48 enquanto não não não cobrar diz não

mas enfim são estas coisas que passam à tarde nossa vida e não haja nenhum lembrando quando não tinha quando não tinha estas festas estas coisas existem transformação que está à distância da nossa da nossa mão mas depois vemos pessoas que estão ao nosso lado eu acho que são iguais aqui funcionam a 1 e saiu de casa para ir buscar as coisas pra comer nem cartão nunca a dona inércia funciona há muitas muitas coisas que é o momento que precisa faltar aquela bactéria das crise para experimentar já não quero já não quero outra coisa ia cielo no nosso desafio é como é que não vai faltar fazer faltar a uma falha na da experiência ainda há pessoas que têm embarcar a experimentar o motivo de estarmos com todas as suas de desfazer a mente isso que não a caderneta agora acho que já não nos das diferenças todas que existem entre as pessoas e bastante para perceber que elas todas existem e que não é toda a gente que tá na netflix não é nós não somos o mundo não somos um grupo de pessoas traem nora não tá lá gente lá ainda muita pessoa a revisão e nem ter uma série de coisas que nós num nós não verde e acha que as pessoas que estão ao seu lado vêem essas coisas eu não acho que ela tem shows mas a gente ficou feliz quando vejo um grupo pessoas que trabalham à minha volta falou à chávez continuar não sei quantas do casados de fresco a sua vez achamos muitas coisas diferentes e nós somos cada um nós é muitas pessoas diferentes não somos muitas coisas diferentes e eu acho que isso é uma coisa que é super importante nós não esqueceremos porque à hora do almoço santana que está preocupada com a alimentação mas só dávamos esqueça falar mas se o momento jenson e eu vou comer um pãozinho perto e eu sou a mesma pessoa sou está preocupada em ter uma alimentação mais falava para mim é a mesma que não consegue viver sem um dos por d não tirando uns dos mais de mil e por isso é isso que nós nós temos que perceber portanto a mesma pessoa que está no conforto netflix adora ter aquela experiência de ir ao cinema e tv e som tudo envolvê e às vezes ter uma experiência 3d com star wars em tarde para dentro dos nossos olhos somos a mesma pessoa somos em momentos diferentes eu acho que como tudo nós temos tudo são ciclos nós entramos num eu fria das redes sociais e não se quer e depois vamos questionar e vamos voltar atrás e nós nós próprios vivemos essa voltar atrás de uma série de coisas nós vivemos nenhum fria louca do consumismo e agora tamisa praticar o desapego 10 desse consumismo e há pouco tempo eu tive a oportunidade está na apresentação de um estudo que dizia como é com meu filho de 11 anos vai ser no futuro e e e é tudo contra que o que nós vemos acontecer hoje que vão ser muito mais aplicados até família ao estarem desligados e faz todo o sentido que depois dessa eu freei janeiro numa outra direção em que vinham com todos os jets e toda esta ligação e vão passar por uma fase em que vão ao contrário nós que estamos muito ligados em detalhes nesta nós próprios também já sentimos a necessidade de estar desligados mesmo já vai ser diferente e eu acho que com todo este fenômeno que tem existido desde há uns tempos pra cá e continuar a existir de facto news eu acho que também vamos fazer o efeito rival dani cidade do bom jornalismo de valorizar ficaram concertantes mas a verdade é que o efeito quando nós pensamos num no efeito curto rosa das revistas cor de rosa quando nós pensamos em nós como ser os seres humanos de não conseguir evitar olhar posse dente para as histórias de tragédias que junta um louco não sei quantas pessoas a falar sobre elas este gesto jornalismo mais chance na lista vai sempre continuar a ter a sua audiência com base no nesta curiosidade mórbida do do ser humano mas a necessidade do bom jornalismo também vai continuar a existir e eu acho que depois desta fase que e os dados em portugal são assustadores e tiveram os dados que diziam que 50 e tal por cento os portugueses continuam a ver notícias no facebook que é o dobro o dobro das da média do país e portanto nós também vamos temos que fazer nós que temos influência temos um papel importante na comunicação e na sociedade temos que também alertar para estes factos e eu acho que essa literacia midiática é importante também estavam ser e eu acho que naturalmente ela vai vai esticar não vão ser tão comum como era no passado mas mas vai se valorizar ao mesmo tempo que essa que sinaliza junta mas que inventa esse ético nas formas nos formatos na forma de chegar às pessoas mas o jornalismo de investigação e isento é fundamental para a sociedade para a democracia e eu acho que vamos a sociedade vai valorizar mais o paulo – eu acredito que isso tem que acontecer porque já são muitos os casos e os exemplos que temos de os ditadores do que está a acontecer no mundo graças a um mau jornalismo e as sementes plantadas nos levam a decisões erradas acho que nenhum pai quando vi essa pergunta é a taxa que estava preocupado quando vê as mesmas coisas a serem ensinadas desde o tempo dos nossos avós

facto a forma educativa é é super urgente mas a verdade é que também vai julho os nossos filhos para serem tupi com um informação não não acontecia na mesma altura eu no quinto ano do meu filho já não é só ensinar matemática esta matéria portanto eu nem entendo como é que conseguem assimilar tanta coisa ao mesmo tempo fora toda todos os outros times que existem à volta que nós não tinha tanta curiosidade sobre o cérebro dos nossos filhos versus o nosso cérebro que o que isto tá pra ficar enfim há uns anos atrás luís sobre a fragmentação do cérebro que é estar de todos provocam e já foi há uns bons anos e medina hoje é o que está a acontecer os dramas de primeira chutou forte na escola ou não quando este faz parte do dia a dia e da vida deles enquanto temos outras escolas que é obrigatório até comprar um ipad pelos terena na escola então como é que pode isso fazer parte ao mesmo tempo querer bloquear como é que nós esta transformação tecnológica também nas escolas como é que estes faz de uma forma quando estamos ainda a aprender sobre estudo não é fácil mas a verdade é que este sistema nas cadeiras estar ali ouvir uma informação e eu lembro do meu filho é foi chamado a atenção teve uma participação por ter questionado a professora sobre um tema que não tem nada que pressionaria o psi quer dizer então como assim eu mais estímulo ao meu filho em casa e questionar precisamente o que estimulou a minha equipa todos os dias é questionar tudo é que o que está estabelecido como é que nós avançamos como é que evoluímos como é que ainda existe aquela figura do eu digo isto há prendas e depois vens cá fazer o texto em que o estudo exatamente comum como eu disse na aula há um pensamento crítico uma visão crítica e que é tão valorizado nos nosso dia a dia nas entrevistas de trabalho que fazemos como é que nós estimulamos isso 111 ensino tradicional continua igual lá há tantos anos como é que ainda temos que procurar coisas iam questioná-las souza

quem não vencer nem que o dolo a 50 faltou só por isso é que eu não tava acho que cíntia está claro a chance de empatar sim eu nunca mais vou esquecer do daquilo que eu fui 11 uma um vídeo que viveu há uma série de anos eu já ouvi ao vivo em que eu dizia da mãe que eu vou a filha a psicóloga e psicóloga ficou com ela este não é seu filho não tem pelo menos o filho é uma bailarina e tá né companhia de bailado que não estamos a fazer para descobrir os talentos e eu digo hoje em dia a coisa que não dá mais com dá mais gozo enquanto chefe enquanto líder é perceber que tem aqui um grupo pessoas e conseguir identificar aquela o valha não vai encurtar e friis por alguma razão então o que eu posso fazer por aquela pessoa que eu acho que não há pessoas mais absurdas no lugar errado como é que eu faço para pegar aquela pessoa e por lá no sítio certo [ __ ] no sítio dos olhos dela possam brilhar porque eu acho que os bons profissionais têm os olhos a brilhar no dia em que isso acontece é tipo e magia conseguiu identificar ao longo do meu percurso algumas pessoas com quem física confef se essas pessoas revela brilharam ajudar não é da minha esposa é como é que nós no nosso sistema educativo conseguimos orientar as pessoas orientar os nossos mil dos nossos filhos nossos alunos para que eles consigam encontrar o berço deus onde os judeus vão brilhar como conseguimos fazer com que aquela menina descubra que quer ser bailarina quando na maior parte das vezes nem sequer damos tempo nenhum as as áreas mais criativas de liberdade de expressão tanto sob sol a entupir as cabeças com uma matéria para curar o que nós estamos a fazer para que os consigo e este é um tema que não é 21 preocupa mesmo antes de ter o sebastião é um tema com preocupava e por isso é que eu gosto tanto fazer de mentoria tímidos mais mais novos e disse eles caí faz a tua faz o teu curso mas não vai logo fazer um mestrado vai investigar vai saber o que quer mesmo fazer a experiência ganha mundo e eu acho que uma das experiências mais espetaculares que eu tivesse nível foi quando um dia estava na dinamarca e fui jantar com a família num dos dias de natal deus era de 9 de dezembro nunca mais me esqueci eu tenho quatro filhos e o filho mais velho que tinha 23 estava a trabalhar o pai tinha uma produtora e eu estava a trabalhar com o pai estava a fazer campanhas para grandes agências a fazer realizar a seguir as pisadas do pai e não fez nenhum curso superior e entretanto a filha de 18 anos porque o chá em todos cedo casa faz parte das duas normas instituídas na cidade saem todos os dias de casa e ela contar pois não procurei dividir a casa com uma amiga e depois precisam trabalhar possa mãe porque também já tinha parte da alimentação garantida e portanto não ia gastar tanto e nos fazer as minhas coisas bem as luvas e foi trabalhar pode optar tamento compras de uma superfície de corte inglês lá na lá na dinamarca e ela disse que vai fazer as minhas coisas perguntou se podia vender lá e austera uma oportunidade de vender e hoje tenho a a história conta a atenção que estamos a falar do nome de 18 anos a minha história de conta a perguntar o que anda a fazer para ter tanto dinheiro na conta então todo é fácil vou ter que decidir ou continua a trabalhar lá e arranja um assistente para conseguir produzir mais peças e continuar a vitória ou então espécime de com sol o meu negócio é uma coisa é tão diferente ea um mundo estamos a falar da europa é um mundo tão diferente é uma cultura tão tão diferente da nossa há formas diferentes de fazer as coisas mas é com a experiência e com a vida encontrarmos estas plataformas ou nos sentimos realizados e efluentes

dentro da caixa não pode sair daqui não pode eo uma das coisas que eu acho mais assustadores e eu só a arte meu filho testa desenhados detesta pintar porque desde o início da vida deu tem fotocópias por pintar na escola como é que isto ainda acontece fotocópias com risqué em preto para pintar dentro do que dizer é palco para de tempos livres deusa fazer uma coisa que eu digo e meio não aguento mais fazer isso e rodar em fazer isto é possível no entanto essa mesma criança que eu dei a pintar os melhores alunos de educação tecnológica em que fazem coisas manuais e estrelas e não sei o que já tem mais liberdade plástica de criar alguma coisa então infelizmente não vai nada muito melhor do que o que aconteceu nas eleições o país aconteça nestas nestas eleições calar por serem cá os resultados não vão ser tão negros como 80 por cento de abstenção mas eu acho que é a política continua tão divorciada desta desta geração que não vai mesmo qualquer tipo de ligação desta geração com um complicado até porque elas sentem que estão a fazer o caminho de outras formas e por isso num não sinto que eu sinta o que é proibir em votar o que vão fazer a diferença sinto que é o centro é mais que é parceira a rua e fazer a opção por fazer em sair às notícias de alguns que vão fazer essa pressão nos políticos e mais ao contrário é uma opção ao contrário do que necessariamente fazer com que os políticos se interessem pelos temas que o preço é um são relevantes mas eu acho que todos nós temos um papel em uma missão social de fazer esta geração também entender que é a ausência de voto a ausência de voto é deixar de fazer parte portanto é uma opção dos dois lados é uma opção para que a política seja diferente entre os novos players a ocupação serem os novos players porque não queremos não queremos que os maus exemplos que vários países estão então a seguir e cada vez são mais mas sem dúvida a democracia está numa grande crise continuamos com estes níveis de divórcio e da abstenção estamos numa crise bastante grave e urgente na nossa na nossa sociedade mas sem dúvida é um tema que absolutamente passa completamente ao lado num pessoa esta geração e sem dúvida é um é um tema preocupante quando pensamos que todos estes pilares extremamente importante estão a passar ao lado quando aos próprios não acreditam na educação é o cara tem que ser só obrigado mas isto assim não faz sentido e os próprios critica algumas nuvens reflexo disto onde está reforma da educação detectar forma clique conectar enfim e portanto vão pôr els procurar as respostas e as bolsas também vai buscar o dia em que eu quero ir ao sítio que assim não recomenda também vamos chegar essa de a etapa recomendar e sentou volts mas sim não não faz idéia onde onde é que isto vai parar que nós todos os dias nos preocuparmos mas também fechamos os olhos são esses mesmos itens que trazem algumas vantagens por nós diariamente trazem muita entanto bom com muito mau mas sem dúvida qualquer pessoa que tenha entendido que teve por trás de drag city trumps e enfim de como dominado os rebanhos estão mais suscetíveis de serem dominados é é é absolutamente é tentador com dispensa eu lembro quando vi o tex da jornalista do guardian que dizia fui a uma sobre o breve que ela dizia fomos a uma um dos dos lembro o nome da da cidade onde foram mas que tinha uma vila qualquer que tenha sido a que mais votou a favor do brad pitt quando entrevistava as pessoas as pessoas eu não porque turquia vai entrar e por que os vão todos entrar pra ir dentro e em minha direção e não sei que elas se sintam assim não chegamos lá quantos imigrantes têm aqui ea única pessoa de fora que tinham era uma placa que vivia lá há 20 anos e dizia m que tinham tido a entrada que falava sobre o perigo dos imigrantes e 30 anos não tinham nada no seu dia a dia nada na sua vivência pudesse fazer aqui ou suave mas foi toda uma política de medo que foi cultivada é injetada naquelas naquelas pessoas mas foram aquela vila inteira que mais votou a favor do breve porque até agora não tinham sido a minha sorte para absolutamente nada a não ser a ameaça de desinformação quando começamos a pensar nisso há dois meses é o que eu procuro estamos a pôr em causa a democracia pensar estas pessoas não deviam ter um voto tão valente como as pessoas que estão mais informadas que é o mesmo que se passou nos estados unidos porque não são as pessoas com quem nós estamos eu tenho três irmãos americanos e minha irmã estava cá uns dias antes das eleições e nós – a certeza absoluta que é impossível outros ganham aqui ea minha marca de cannon meu pai americano do pai e mãe americana saiu dos estados unidos depois do treino e se eu não quero viver neste país mas a verdade é que as eleições não foram feitas por estas pessoas e começamos a pensar a os outros deviam ter e não ter menos que o direito ao voto começamos a pôr em causa até as coisas nas quais nós acreditamos comum como a democracia temos que ter um país onde temos de ter 21 para beber mas acho que tem que ter uma arma quer dizer tá tudo trocar e quando pensamos até no nosso dia a dia mais prático quando pensamos que acreditamos nos dados todos que salvador está é favorito nos dá quando sempre todos os dias a rua a criticar as audiências da televisão mas aceitamos aquelas que nos dão todos os dias que o autor e nos dá essas nós acreditamos como uma verdade absoluta então os pais também quando começamos a pôr tudo em casa fica na rua é complicado neste mundo da cloud fu quando se via tudo quando ficamos todos a mesma capa de não eram quem mais fácil agora é bastante assustadores quanto pensamos será que sou eu que estou decidido esta decisão que eu tomei agora de ir pra lá está fria o que seria

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>