Carolina Afonso

by Comprimido ✅ http://bit.ly/ONDEQUANDOCOMO

Carolina Afonso, licenciada em relações internacionais, rapidamente aumentou a sua formação na área de marketing. É hoje em dia, directora da Konica Minolta.

foi minha primeira experiência com a internet tem mesmo que pensar acho que não consigo precisar o ano mas lembram cargos foi na altura em que vim para lisboa porque seu advogado não vem pra cá estudar e talvez do monte em 1998/99 tentar muitos anos atrás e ocloo em bruce longo do tempo por mais amy era na altura dormir em camas que a gente passava horas e horas em compensação mesmo fico chateado e claro aquela para toda do do ruído quando desligava a meta enfim o módulo é que eu sou desse tempo afirma evoluí muita coisa né não só vocês a internet como até a democratização do próprio acesso à internet e muito impulsionado pelos avanços na tecnologia acho que isso foi o que permitiu a massificação da internet como já conhecemos o consumidor que se verifica na internet sobretudo o consumo vídeo o que se verifica é que existem diferentes tipos de consumidores diferentes estágios nessa adoção por exemplo existe a geração z são aqueles que já chegaram depois 2011 e este não conhece o mundo de outra forma dos empregos na internet o vídeo é uma coisa que é nativa na realidade é conter o défice lá em casa é ter água em casa não conhecem outra forma pra eu faz todo o sentido porque são muito altos e acreditar como já faz parte do seu dia a dia pois existe um outros tais adaptados nos quais nos quais eu me inspiro em que houve uma transição que conhecemos o mundo antes da internet e depois da internet e depois existem outros que estão chegando agora empregos é novidade ainda da via internet ver vídeo estão a descobrir nos quais se incluem por exemplo cheney e outros em relação ao facebook em relação ao site tentou chegar agora é porque existe com estas três gerações que existem são todas contemporâneas e têm estágios de evolução em frente da nossa tecnologia de frente o filme ainda conseguiu isso é que se tivermos em consideração a população ativa e população ativa composição com rendimento e que está a trabalhar para elas a provisão ainda tem grande impacto e aliás foram os analisar também os investimentos publicitários das marcas que não sou ingênuo os movimentos querem estar onde estão as pessoas tanto que se verifica é fato com visão continua a ser o principal maio de investimento publicitário em que não podemos dizer que com visão no rio porque a provisão hoje eu tenho o poder da massificação portanto e tem uma elevada cobertura entanto que existe é para as gerações mais novas a televisão já não é o canal principal na realidade pra eu sou o que faz sentido é aceder à internet e ver os meus conteúdo quanto quero ponto que é o tal é mil é raul n vai enfim importantes na realidade um fã deste valor até quando essa geração passar por uma geração ativa completou compra etc muito provavelmente a televisão terá que se reinventar e já está a fazer esse caminho muitos muitos canais já estão a fazer esse caminho para se adaptar a essa nova realidade nas hoje em dia em 2017 2018 na realidade população ativa o consumo televisão e nem o valor em portugal já existem estes novos canais emergentes mas não podemos dizer que talvez algo que eu não acho que depende está existem muito bons exemplos também de grandes anunciantes já o fazem enquanto pensam as campainhas pensam de forma integrada essa já pensam na sua visão mas também penso em formato para o digital e pensão enfim forma articulada e integrada nos bares nas várias ferramentas que existem outros for agora também existem outros que estão atrás né agora o que significa também é é uma situação de sinergia existem anunciante que já pensam quando pessoas campanha já pensam que muito provavelmente tem que acompanhar os seus consumidores o consumidor que ele estava certo visão imaginando um esfomeado é uma história televisão e o filho está ao lado com o telemóvel ao mesmo tempo que é passada que eu anuncio está também a ser servido em formato vinil para um centro que também está a ser importado pela mesma campanha mas no outro positivo tanto a nível de publicidade o que estamos a assistir há também algumas evoluções nos formatos na forma como os impactos e novas audiências e na forma como se pensa equipamento grava para conseguir infectar e ter um efetivo agora existirá alguma desconfiança e sim em relação alguns formatos viu nomeadamente pela dificuldade de medir resultados porque nunca diz respeitar as métricas existe aqui um grande desafio na época em que visam ao vez pelo histórico que visam time né tudo é algo instável tudo enfim nós conseguimos efetivamente com dados fidedignos conseguir perceber quantos usuários é que não serão impactados pela nossa comunicação agora o clube diz respeito ao vídeo é da plataforma deixou os próprios médicos que estivemos a falar no youtube que como visualização no youtube nós temos a falar e facebook é uma visualização é de frango o novo governo uniformização de métricas né o haver um consumir fragmentado né isso faz com que a perspectiva do anunciando que seja difícil um dia o retorno do investimento é em questão um dos grandes desafios enquanto não houver um escândalo enquanto não houver uma forma rigorosa de conseguir medir o retorno do investimento em vídeo e em algumas áreas do marketing digital os anunciantes ainda vou ver isto com alguma desconfiança tô afim acaba de acontecer os dados que temos de mudar de proprietários por cada uma das plataformas o movimento idade externa né porque é o de equidade fidedigno secção standard do mercado é complicado aqui você quem anuncia uma das grandes vantagens do digital nós podemos fazer o rastreio tudo é todo o comportamento quantas pessoas cuidarão da que vieram quando ela tiver o nosso site até um deve vir o nosso filho enfim conseguimos traçar um filme muito mais rigoroso do que improvisam então temos essa e se esses bastidores né que conseguimos ter acesso ao comportamento do nosso utilizador mas ainda assim o que vai empossar no final das contas traduzindo isto desta forma no final tem que dar a europa tem que trazer retorno da marca a marca tem que vender tanto é isto propósito né apesar da campanha poderá ter como objetivo notoriedade por ter outros objetivos para o lado a conversão em um filme instância aquela marca vai querer vender não é e aqui a questão está em como é que nós vamos conseguir finalmente perceber quantas pessoas chegavam e quando chegamos é difícil não é assim tão fácil ver o caso por exemplo da estratégia foi uma polêmica alguns tempos no facebook conquistam do pão do atl e nos vídeos não existe aquela guerra entre youtube e facebook na conquista do vídeo eo facebook forma conseguir fazer face a este gigante que é a google eo youtube o técnico comentou essa questão do atleta as visualizações contam entre nós estávamos a ver ou não o vídeo até funcionava o número de visualizações é a dizer que os dois milhões de pessoas a ver o vídeo é mentira tanto quanto está aí né porque nem é de confiança que é é tudo muito verdade né e digital trouxe um indício aquela possibilidade do tracking de todo o comportamento do utilizador mas efetivamente quantas pessoas únicas coisas que outras únicas é que viram o nosso vídeo e ao fim ao cabo quantas aqui efetivamente acabaram por comprar o nosso produto é assim existem quatro milhões de atribuição existem várias formas de e já existem enfim todos os players vão fazer um esforço muito grande porque perceberam que estão anunciando é essencial tentando afinar a estratégia da própria google já tem os tais filmes não ser atribuição muito afinado para conseguir receber esse tipo de comportamento mas ainda falta um escândalo do mercado consiga conjugar este vários mundos né apesar das estatísticas do facebook as estatísticas que mudar nosso site as críticas que nos dá o youtube é e ao fim ao cabo estamos implantar a mesma pessoa várias vezes em várias plataformas cidade precisa efectivamente quantas vezes impactamos aquela pessoa efetivamente o comportamento que é o teu compra e tanto recomendação e até sua influência para todos que está outra outra variável que o digital traz net usado nós podemos influenciar várias pessoas à nossa volta tanto como é que vamos medir isto eu acho que quando se desbloquear esta questão de ambição e efetivamente medir com rigor eu acho que vai vai desbloquear aqui algumas dicas em relação a investimentos está com cheiro pensando digital pensar que chove menos um ano sim nós nos estados unidos tem sim que é um facto que a história mas ele também tem que ter em atenção que o valor de tabela também é sempre enfrenta a questão inflacionária de movimento mas atender se vai ser eu acredito e lamento é que a tendência vai ser o vídeo é ea internet ou na praia já no cenário dos próximos anos de ultrapassada a provisão não acredito que isso aconteça tão rapidamente quanto isso mas vai acabar por acontecer né portanto acaba por ser um novo maio está em crescimento e tendo seus fácil ultrapassar essas barreiras em todo o potencial para achar acho que isso é grande realidade a vender é é acho que estamos todos a caminhar para essa questão do multi plataforma né pensar primeiro no conteúdo e depois uma declinação do conjunto com as várias plataformas cada vez mais da importância do storytelling no vídeo hoje em dia a importância da história da mensagem e depois como declinar é perceber que somos fortes que depois que um vídeo com o instagram me escalar 30 segundos que nós estamos fora o vídeo foi o do andré enfrenta o facebook enfim pensar já a partida dessas condicionantes antes de criar o conteúdo clark sul neste momento entra em choque com estruturas muito pesadas que já existem no caso imagina provisões e passaram toda uma vida fazer formatos tradicionais quer não só adaptação esta nova realidade como também e até de investimento na requalificação das pessoas que gostam tanto são outros que são outras competências e aqui quase um choque era sinal né esse é um grande desafio para quem trabalho é entre a visão que muitos deles já tiveram uma visão já perceberam qual é que é o caminho mas por vezes o inimigo está bem tratados aqui como é que vamos dar o salto e como é que vamos realmente com por ter estas qualificações de estar melhor preparados para os desafios porque não é que o correto é pegar num formato que gera de provisão e publicar que o arquivo digital não é um canal do youtube não vai funcionar seja uma nova aprendizagem é aprender a criar vídeos motivo para cada plataforma respeitando as especificações de cada uma está ajudando com a opção do algoritmo kannan toda uma aprendizagem é que cada plataforma está pronunciado neste momento a discutir a partir da quarta orgânica por exemplo faz do facebook não é jazz a conhecimentos livres live tem prioridade e facebook vai deixar eu seja um vestido foi por um maior número de pessoas quer saber este para nós cada plataforma e criar os conteúdos já pensaram que são a evoluir funciona melhor se é um f é treinar tudo isso é preciso alguma mestre e algum conhecimento e depois o novo raúl e as pessoas certas para fazer acontecer não chega só visam né como o livro quem mexeu no meu caso não é assim tão confortáveis num determinado no terminado a rotina no terminal do formato e é difícil quando vêem algo novo pois é eu já que a mãe tinha o velho do restelo não é na realidade é fácil viver que a isso vai morrer e isso nós não controlamos a mensagem aos reitores enfim é verdade a tudo isso mas milhares se vida eu fui ligar evidenciado digital hoje ele não tem qualquer sentido que tenha entrado em contra-ciclo digital nova tendência campo digital existe né faz parte do nosso presente é o nosso futuro já é o nosso passado porque não é algo novo surge agora e nós temos de ter capacidade nos adaptarmos portanto tudo que queria novas competências seja na história seja em qualquer outra ao longo da vida as coisas vão continuar a mudar né tanto a assumir isso já é um bom ponto de partida e depois aquele espaço também para uma nova geração vai entrar no mercado de trabalho e acredito que também vai trazer toda esta inovação é bota mapa digital isso é este já acontece já aconteceu ano passado até com episódios maior fala mundial por exemplo há uns anos atrás com ‘primavera juntem se chegar um primeiro através do twitter do fundo qualquer outro canal com visível mas o da instantânea da também do twitter thai é e e é normal hoje em dia sabemos da notícia em primeira mão através dos meios digitais mas isso leva nos por outro problema este é outro problema por resolver com o digital que nos foi criança mais a credibilidade da fonte isto é muito importante está tendo aquela questão do que é improvisam os conteúdos ou seja visão seja em formato de imprensa do centro existe uma espécie de uma curadoria e se for ler o expresso que existe uma equipa uma redação especializada em determinados temas são jornalistas profissão especialistas tentam fazer chegar àquela junta em ser outra coisa só no final não temos vindo a assistir que cada um de nós ser produtor de conteúdo el kaei deste tipo não só rosa que está a acontecer que é surgir uma quantidade infindável alguns países as chamadas fake news enquanto tiver apenas tráfego para websites fora enfim gerar banco e que distorcem a realidade isso o emprego até próprio aos valores da democracia sep mas não se deve pensar este formato viaja no facebook tem esse problema e google também tem esse problema no ano passado o google teve o problema enorme com a quantidade dos filhos dos anunciantes em páginas tem dúvidas as questões durante site e depois levantei essa questão que as marcas não quer entrar associadas a terminar de mais determinados conteúdos cujas notícias não têm fontes exclusivas tanto no que diz respeito à informação acho que hoje em dia a credibilidade ainda está nos meios tradicionais de informação até agora o que acontece é e os próprios termos todas as plataformas digitais para poder chegar à sua aldeia ser outra forma não estão a chegar outros players nativamente digitais como é o caso por exemplo em portugal o observador que é mãe né que nash já como outra cultura completamente diferente e desafia também que nos outros players a repensar a sua estratégia tanto acho que vamos assistir ver que várias movimentações mesmo núcleo que foi a informação estas marcas ainda não resolveram este problema completamente tanto google está a tentar resolver esse problema do grande recife próprio facebook há pouco tempo há uns meses wii u manter seu facebook contratadas gaza era uma contratação massiva de pessoas para trabalhar na empresa o objetivo precisa vencer o combate chequinhos ea fraude até mesmo um problema que está identificado portando porque a partir do momento em que se sabe olhar o facebook como uma fonte de informação falsa à plataforma e deixa depois ter o poder de atrair anunciantes acho que essa questão da credibilidade da fonte ainda não está resolvida o digital já sem falar do trânsito já sem falar do deg c tem fim a vários fenômenos né utilização plataformas digitais para disseminar informação e nem sempre podemos recusar a manipulação que é complicado em vários artigos científicos vamos ler é qualificam light comum ver nati precisamente métricas vai dado certo o haiti hoje em dia valor global é só pela questão de dizer ah tem 1 milhão do valor estava em us 1 milhão de valores mas quanta que interagem com todos os dias é capaz das que são 80 cemitérios né atendimento seguidores nas coisas qual como a contínua e tem 12 no haiti depois vai-se ver que são aquelas pessoas às vezes são colaboradores da empresa peter na europa existe essa questão que é o que é que o gene online tem muito mais interessante quando pensamos quando transformamos em extinguir de maquiné e outras formas de investimento genii já são bem mais complexa já meta e dão atribuições do valor de frente é completamente diferente o cheiro valer mais do que o 11 lic ka um cometimento de frente nenhum conteúdo e faz um chery franco quer colocar um laico e quando faz um comentário do imó trabalho né e comentar qualquer coisa que tem muito mais louvor na realidade todos a falar completamente diferente que hoje em dia para se calcular a idade manter essa tribo em pesos diferentes cada um entrou cheia a devolver mais do público é porque já sabe também como free este bem poderia ter latim quer ter o haiti é fácil por outras mães conseguir fazer com que isso aconteça né não quer dizer comentários também não posso ser possível mas quando olhamos para as formas nas ruas muitas delas estão na china e turquia na índia uma página que tem como objetivo comunicar com um público em portugal imagens termais 30% dos lucros vindos destes países é duvidoso é só um problema de mestrado em sinais né reclama de mestrado em sinais foram viver na parte do pai já que é muito melhor cobertura chega é muito mais pessoas uma forma massiva mas depois fez o outro tento que não consegue diminuir efetivamente né não sabe se a pessoa tá com a televisão ligada à e não está a ver o anúncio isso vai a seguir comprar ou não vai comprar até outra questão a questão é que em vez da tradicional trabalho a outra componente dentro do mar tem quer a freqüência antes jogam com esta questão a competição fica no nosso top of mind escolher eu não vou comprar agora uma está na minha cabeça o portenho óbvio não se tem aquela musiquinha o professor que irá porque enfim o cosmar que estão a apostar aí está no top manhã quando for comprar qualquer coisa ou se há aquela marca este é um valor muito importante no digital é difícil tentar durante campanhas de urnas neto também por cumprir o mesmo propósito mas quase hoje ele é um filme apresenta se formos olhar agora vão da mpb o tema não está assinado há muitas pessoas também estão a surgir do digital foi o tradicional o que o faria sentido absolutamente nenhum tivemos o olhar hoje em dia o tempo o youtube é um nativo do vídeo é um nativo digital o que está a acontecer é que muitos deles acabam preparar a provisão o conteúdo de uma provisão ao chamado popular sobre um determinado assunto e na verdade eu gosto no a ele porque porque com as comuns de utilização da sua presença parece que a provisão está a assumir hoje enviam palcos mais premium mais nobre eu apareci na televisão ou por serem via digital qualquer um consegue mas levou visão não é bom conhecer tanto qual posse hoje à televisão reinventa-se eventos com esta obra mas primeiro o conteúdo mais premium ii está a procurar o seu espaço também é que ao ir buscar também estes indivíduos para ajudar a projeção que não tem na área do digital tentamos imaging person verdes completamente deste digital tradicional eo tradicional usufruir das comunidades que estas pessoas têm tudo para se aproximar de novas audiências é muito interessante este fenômeno não sou profissional por vingança não tem que fazer esse esquema não acompanha os bastidores do que está a ser feito o que foi feito nos últimos anos com esse detalhe agora consegui analisar na perspectiva das marcas e na perspectiva enquanto consumidor que o que eu posso dizer é que o gene também existem outros formatos para além do tradicional divisão também já entrou em outras áreas inclusivamente algumas mais intrusivas como produto e se mantém determinado xérez né sobretudo para dentro mais jovem neto o regimento especificamente então exemplo da massa fresca e co enfim a publicidade dentro de outra forma numa perspectiva mais negativa tal como no digital tanto as marcas entram em cenários de utilização reais isso não minou o santos também a televisão é procurar outra forma de dar outros passos as marcas e ser mais relevante para o público alvo cento hoje em dia acho que os próprios format a noção 3511 minuto não jamais flexibilidade para ir mais além em e entrar dentro no entanto maria estava bloqueado até encostar e editorial parte criativa e de ficção natus gerin as fronteiras já tendem a ser cada vez mais terras cujos lucros quando tem que aparecer naturalmente na vida das pessoas e aqui é a única linha minimização do que acontece no digital porto digital também trouxe está discutindo genético com tanto nos artigos hoje os reviews a ter mais noção do dar voz às pessoas ao consumidor o empowerment pelas pessoas para experimentar os produtos está a dar o seu testemunho certa forma com visão também está a tentar fazê lo com isso o preço de novos formatos como por exemplo a estrada pra do conhecimento mais soft e vamos dar fim a um sonho e por falar sobre isso na primeira pessoa isso é mesmo não é fruto da tecnologia é mesmo que acontecem na vida dela e condados impressionante como ela está em termos de guede mil visualizações comentários enfim tanque isso sim está fazendo mostra obviamente isso ninguém enfrenta o partido mostrou irritação com visível e hoje finalmente estão a acontecer e vai pôr em causa muita coisa eu acho isto é a minha opinião é que a questão vai ser mais o contínuo e não está nos refrões do tipo positivo ou seja a televisão vai vai ter um papel importante é um ecrã está na nossa sala por exemplo nós temos outra grande telemóvel ter outra grande é o laptop há vários ecrãs na nossa vida e eu acho que é é o conteúdo a forma como nós vamos assistir acho que o futuro da minha experiência em frente é que o que for mais conveniente para mim se estiverem filme e eu posso projetar uma provisão se estiver sozinho acertou o conteúdo no meu telemóvel sempre na realidade eu acho que vamos assistir no futuro tem muito a ver com isto é o conteúdo é livre nós temos o conteúdo em qualquer momento e o dispositivo é que for mais conveniente no vídeo da pessoa nós já tivermos quiserem aproveitar um momento familiar everaldo em conjunto então vamos ver o formato visão que o conteúdo estiver sozinho no transporte público que quiser em detrimento ao longo da viagem vou ver aqui o conteúdo não sei ver ontem com os meus pais no formato visão no motel é nova eu acho que é importante uma completamente enfrenta não estavam surfando de voltar a acontecer no programa são fixas das grelhas fixas mas é eu faço a minha grana do conteúdo só eu vou buscar o quanto eu te quero ver agora quero ver depois eu conheço tipos e teve como for mais conveniente o cenário de utilização a família individual é comigo acho que é muito por isso é uma coisa bem competitiva portanto eu acho que não vamos ficar então formato mesmo profissional da televisão presos fa a esperada hora para ver o programa está com nada estas novas gerações que vêm não faz sentido absolutamente nenhum contexto existe curto e existem os outros nichos e conseguiu identificá inicialmente que estão muito presos e muitos fãs de fiuk fez o que a sua memória que trazem consigo ano passado muito por cento agora no futuro eu acho que a questão é que em qualquer altura eo tipo quem for mais conveniente pra mim acho que é isso mas a minha opinião é que eu vai estar presente quando ela também porque contigo que eu tenho agora numa tipo em que a licenciatura em com o trabalho com os alunos tiveram que fazer era mesmo pensar nunca na provisão que vai fazer com eles isso é 0 07 por nós não vemos utilizando não vemos televisão estamos a falar bonito 18 19 anos 90 a visão do todo pensado enfim que são certas figuras da comissão não tinha sonho

imagine daqui a cinco seis anos a trabalhar por exemplo tento trabalhar possam ser os estados consumidores que as marcas querem chatear quer dizer marca já querem chegar através dos pêlos influenciam a compra obviamente acham fornecedores da compra mas quando estiverem verdadeiramente poder de compra e tomar outro tipo de decisões para banho de maior envolvimento tem que haver uma reversão completa da forma como se comunica com esta geração como eu sabe o que é estar à espera para ver está quase com vários prefeito não tem sentido se eu acho mesmo que vai acontecer agora está um salto gigantesco pelas estruturas criadas até mesmo pensar assim que as pessoas têm um conteúdo ficção como um vídeo do antigamente mas é um convívio que é virtual com vários tipos de conteúdo e escolheu quero fazer uma gralha tipos informais ocorrendo porque minha promessa da netflix na realidade mascarada que abranger outro tipo de conteúdo é quando os dois elementos dessas notícias passar por outros lugares mas acho que é muito por aí mas também essas pessoas assim neste momento é isso aí tem um canhoto pacote subscrito praticamente não fez quase nada para o conteúdo é todo homem tem maioria todos vindo à internet dentro sim tanto estudo ainda mexe com outro tipo de negócios para o lado a provisão médias operadoras de telecomunicações enfim acho que é a seleçã em dados de outros formatos a questão é que estamos aqui muito sentada em telemóveis mais vai ver enfim os pais tentem inventar obviamente não dá pra fazer e isso nós temos que falar no futuro parece um dispositivo desculpe esqueci tudo né dentre os anos eu acho que é bom ser contemporâneo desta geração eu acho que é ótimo para nós conseguimos ter os dois mundos então acho que é uma grande mais valia lembramos ainda do tempo entre falar com alguém gritava no microfone né ele estava também é super interessante esse background e poder contestar mas todos os problemas diários em poder contar histórias que gerações mais novas você tem que tentar facilitar toda nós não conseguimos acompanhar porque as coisas são nativas para erros forma como enfim um gesto não é fazer um zoom enfim nós adquirimos preuss é uma aprendizagem é completamento não conseguimos competir eu acho que é esse o nosso objetivo não é ser competir com com essa geração porque os que os prémios são inatos acho que nossa grande mais valia até enquanto profissionais a ter sido os dois mundos na e poder criar essa cheia dias

olha confesso que é um mix com um mix consumado é um mix com mais consumo muito mais informação online sem dúvida vídeo e veja online digital claro que sim mas mas liga com visão todos os dias assim é não tenho que não foi fixada a programação só aquela pessoa do zé pinto 60 tirando um ou outro programa que faz questão de ver como o governo sombra por exemplo e religiosamente todas as semanas é são poucos os programas a improvisam que efetivamente fazem parar para ver um sinal dos tempos na e nos colocava acho que não sou maria de frança onde não está o jornalista é um profissional da área teve que ter formação especializada para que o assunto e que tem um código deontológico próprio é uma profissão com a igreja tem uma especialização um blogger ou olga o que acontece é são por vezes pessoas que tenham interesse pela matemática até começou sob uma determinada área tecnologia moda desporto enfim nós temos uma determinada área é isso que nos move é a paixão pelo assunto continuar aquela isenção com o jornalista deve ter não ouçam tendência é aumento tendo anciosos parceiro dança na verdade estou falando de uma paixão um tema que os move é e pois tornam se acabam por serviços aconteceu em suas muitas vezes durante a sua audiência porque tal é a paixão que eu tenha sobre determinado assunto se eu quero saber qual é a última novidade em tecnologia já sei se for ver o canal no youtube daquela pessoa gostar a par das últimas tendências mexeu quiser se filiar a alguma unidade se quiser um review de um produto macherio um comparativo é certa eu já vou para um outro maio tradicional e onde estão jornalistas que eu acho que cada um tem o seu espaço de frente e até as próprias marcas começam a entender isso como realidades distintas de uma coisa é um blog em voga né e outra coisa completamente enfrentam mais uma informação tradicional eu acho que são áreas de frente faz sentido é precisamente porque para muitos jovens estamos a falar da geração mais nova para muitos jovens já vê isto como uma profissão

nessa altura perguntávamos as crianças é que elas criam serem até ser ator bailarino quer ser polícia hoje em dia os videomakers e youtube a semsur a partir do momento em que está à vontade faz sentido a acompanhar a tendência e mostrar o que quer fazer então vamos fazer bem o que é investido em uma uma situação de tentativa e erro vamos olhar pra casa até porque nós enriquecemos um livro com testemunhos que vamos concluir e fizemos várias entrevistas a drogas mesmo era ok tá aqui com meus cansaram e aqui equipe que tem como essa que vocês quiserem as coisas chatas desde o início da curva de aprendizagem muito mais rápida então livro tem essa premissa é ser um facilitador dessa aprendizagem mas não substituirá a que o objetivo mesmo é quem quer ser também começarem a pensar nas mesas e e traçar uma estratégia em escola

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>